NOTA: ENCONTRAM-SE ESGOTADAS AS VAGAS PARA FLAUTA TRANSVERSAL

ESTÁGIO DE ORQUESTRA DE SOPROS E PERCUSSÃO 2024

INFORMAMOS QUE SE ENCONTRAM ESGOTADAS AS VAGAS PARA FLAUTA TRANSVERSAL.

O Conservatório de Música D.Dinis volta a organizar o ESTÁGIO DE ORQUESTRA DE SOPROS E PERCUSSÃO, dirigido a alunos com idade superior a 12 anos (inclusive), que decorrerá de 2 a 5 julho sob direção do Maestro convidado Hélder Gonçalves.

Natural de Cabeceiras de Basto, iniciou os seus estudos musicais na escola da Banda Cabeceirense. Estudou na Escola Profissional Artística do Vale do Ave – ARTAVE. Licenciado em Clarinete pela Escola Superior de Música de Lisboa. Licenciado em Direção de Orquestra pela Escola Superior de Música de Lisboa, na classe do professor Alberto Roque. Mestre em Artes Musicais – Performance, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Mestre em Ensino da Música – Variante Instrumento e Música de Conjunto (orquestra, coro, ensembles) pela Escola Superior de Artes Aplicadas –ESART. Estudou particularmente Direção de Orquestra com o Maestro Jean-Sébastien Béreau.

Como clarinetista desenvolve uma atividade intensa, como solista e em orquestra, tendo colaborado com inúmeras orquestras nacionais como: a Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Ópera de Lisboa, Orquestra Clássica de Sintra, Banda Sinfónica Portuguesa, Nova Orquestra de Lisboa, Orquestra do Coral Sinfónico de Portugal, Orquestra Foco Musical, Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, Orquestra Clássica do Centro, entre outras. 
É convidado regularmente a realizar masterclasses e estágios de orquestra pelo país tanto como professor de clarinete como maestro. Foi júri convidado do Concurso Internacional de Clarinete, ClariMeet 2017 e tocou a solo em recital no ClariMeet, no Porto, em 2021 onde estreou a sua obra “M inês” para clarinete solo. Já em outubro de 2023, esteve presente no Festival Internacional de Clarinetes dos Açores – Clarinando, onde tocou a solo e orientou uma Masterclass de Clarinete.
Foi Laureado em concursos a nível nacional e internacional, destacando-se o 1o lugar no concurso de Música de Câmara na OPEM em 1999 em Castelo Branco e o Prémio de Melhor Músico Interprete de Música Contemporânea no Porto 2001- Capital Europeia da Cultura. Lecionou as disciplinas de Clarinete, Música de Câmara e Orquestra no Conservatório Regional de Música de Coimbra, Conservatório de Música David de Sousa da Figueira da Foz, Conservatório de Música Jaime Chavinha de Minde, Conservatório Regional de Música Palmela, Escola de Tecnologias Inovação e Criação –ETIC de Lisboa, Conservatório de Música da Metropolitana de Lisboa e Conservatório de Música de Cascais.
Foi solista da Banda Sinfónica e Orquestra de Câmara da Guarda Nacional Republicana. 
Como Maestro participa regularmente na estreia e divulgação de obras de compositores portugueses e estrangeiros. Neste âmbito, venceu em 2016, o 6o Concurso Internacional de Bandas de Vila Franca de Xira, obtendo o 2o prémio (sem atribuição do 1o prémio). Já em 2017 no 4o Concurso Internacional de Bandas - Filarmonia D Ouro no Europarque de Santa Maria da Feira, obteve o 1o prémio. Dirigiu o Concerto de encerramento do Festival Internacional de Clarinete em Lisboa no Teatro Thalia em 2019. Fez parte do júri da 33a Edição do “Prémio José Afonso” – 2020/2021. Presidente do júri do Concurso nacional de composição “Mina de água compõe” – 2023.
Dirigiu a Orquestra do Norte; Banda Militar dos Açores; Camerata da Banda Sinfónica do Exército; Camerata de sopros Silva Dionísio; Orquestra de Sopros da Escola Superior de Música de Lisboa; Orquestra de Sopros da Universidade de Évora. Foi agraciado com um Voto de Louvor e Congratulação e Regozijo pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto em 2016.
Atualmente é artista internacional Buffet Crampon e D Addario, é Diretor Artístico do Festival de Clarinetes de Sintra e, desde abril de 2014, Diretor Artístico e Maestro na Banda da Sociedade Filarmónica Comércio e Indústria da Amadora. Leciona as disciplinas de Clarinete e Orquestra no Conservatório de Música de Sintra. Depois de realizar o Curso de Oficiais Chefes de Banda, em janeiro de 2023 assumiu o cargo de Maestro da Banda Sinfónica da Guarda Nacional Republicana.

Horários:

2 a 5 julho: 10:00 - 13:00 - Ensaio de naipes (orientado pelos professores de instrumento)

                    14:30 - 17:30 - Ensaio Tutti

5 julho: Manhã - Ensaio geral de colocação

                    17:00 - Concerto

Professores Orientadores de Naipes:

FLAUTA | Natálie Grossmannová e Ricardo Alves

FAGOTE | Tiago Paraíso

CLARINETE | Joaquim Ribeiro e Alberto Lages

OBOÉ| Tiago Oliveira

SAXOFONE | Alexandre Geirinhas e Marcelo Pesca

TROMPETE | Tiago Alves

TROMBONE | Nuno Ribeiro

PERCUSSÃO | Fátima Juvandes e Luís Cascão